_____________________________________

Amigo

Manolo Amitrano Amigo, palavra cara Feliz quem pode achar um O nome é muito comum Mas a coisa é muito rara…   Obra registrada na Biblioteca Nacional  

Read more...

Antiga melodia

Frederico Amitrano E como hábil pianista Tocar tecla por tecla do seu corpo Deixando Fluir livremente O som de uma antiga melodia Que só nós dois conhecemos…   Obra registrada na Biblioteca Nacional  

Read more...

Ana Rafaela

Frederico Amitrano Estreou numa manhã de Maio Nunca fui o mesmo depois dela Penetrou em minh’alma como um raio O seu nome? Ana Rafaela   Obra registrada na Biblioteca Nacional

Read more...

Para minha mãe

Frederico Amitrano Abrace-me com esses braços Que um dia me embalaram Beije-me com esses lábios Que um dia me ralharam   Me leve pro seu leito E me deixe chorar Depois me nine no seu colo E deixe eu lhe abraçar Prá relembrar aqueles tempos que nunca vão voltar   Se eu pudesse escolher a […]

Read more...

Obsessivo

Frederico Amitrano Que posso dizer se sou assim? Quando começo uma coisa, vou até o fim E se quero uma outra A tomo pra mim Que posso dizer se sou assim? O meu tempo é agora Não há não, só há sim E se não digo na hora Espere por mim Pois irei noite a […]

Read more...
 Page 13 of 14  « First  ... « 10  11  12  13  14 »