Poema da mulher indignada

Você pode me descurtir
Você pode me destratar
Você pode me desprezar
Você pode até me desdizer
A única coisa que você não pode
É conseguir me descomer

 

 

Obra registada na Biblioteca Nacional

Atualmente não há comentários relativos a este artigo. Você tem uma honra especial para ser o primeiro comentarista. Obrigado!

Deixe um comentário