Breu

Frederico Amitrano

Sina de Poeta

É madrugada

Silêncio me faz acordar

Breu dando forma ao lugar

Chego à janela, olho o luar

E as estrelas ao léu

Cheiro salgado no ar

Como é bonito o céu à beira mar…

 

Obra registrada na Biblioteca Nacional

 

Atualmente não há comentários relativos a este artigo. Você tem uma honra especial para ser o primeiro comentarista. Obrigado!

Deixe um comentário