Transferência

Frederico Alexandre da Silva Amitrano

O que será que ele pensa
Quando fica assim tão sério?
Há um véu de mistério
Que me deixa um pouco tensa…
Quem será que ele é?
Será que é casado? Viúvo? Divorciado?
Será que tem filhos? Mulher?
Quem será que ele é?
Ou melhor, quem será que ele é pra mim?
Qual lugar lhe é devido?
Se parece com meu pai
Ou será com meu marido?
Eta dúvida sem fim
Meu analista é assim
Às vezes penso nele
Com raiva… Em outras, com carinho…
E fico vendo se adivinho:
“Será que ele pensa em mim?”

 

 

 

Obra registrada na Biblioteca Nacional

 

Atualmente não há comentários relativos a este artigo. Você tem uma honra especial para ser o primeiro comentarista. Obrigado!

Deixe um comentário