Saudade

Frederico Alexandre da Silva Amitrano

Saudade é ler
Os poemas de um poeta morto
Saudade é um barco que sai do porto
Saudade é sentir a dor da despedida
Saudade é chorar na partida
Saudade é voltar sozinho
A um inesquecível lugar
Saudade é ir pra nunca mais voltar
Saudade é cantar uma antiga canção
Que faz lembrar uma linda paixão
Saudade é sofrer
Saudade é padecer
Enfim, saudade é o que eu sinto de você

 

 

Obra registrada na Biblioteca Nacional

 

Atualmente não há comentários relativos a este artigo. Você tem uma honra especial para ser o primeiro comentarista. Obrigado!

Deixe um comentário