Eclosão

 

A poesia eclodiu de madrugada
Me acordou
Me invadiu
Me pegou
Me falou fundo
E inundou o quarto
Inundou a casa
Inundou o mundo

 

Obra registrada e todos os direitos reservados

Atualmente não há comentários relativos a este artigo. Você tem uma honra especial para ser o primeiro comentarista. Obrigado!

Deixe um comentário